quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Circuito Gastronômico da Pampulha



Pra você que ainda não decidiu onde passar um dos dois feriados de novembro vai uma sugestão de dar água na boca.
“Como não temos mar, vamos pro bar” – Para comprovar que Belo Horizonte é uma das cidades dos bares, essa famosa frase é muito divulgada no período do Festival de Comida de Buteco, que acontece todos os anos em Belo Horizonte. E para ressaltar que em Beagá, a comida é um dos nossos atrativos, sugiro a programar um dos feriados e passar por aqui para participar do Circuito Gastronômico da Pampulha, que vai até 30 de novembro de 2010

O evento tem objetivo de mostrar a excelente gastronomia da região do cartão postal de Belo Horizonte, a Pampulha. O circuito trás aos restaurantes da região possibilidades de fazerem novos negócios, estreitar os relacionamentos entre clientes, patrocinadores e fornecedores e, o principal, divulgar a região como pólo de gastronomia, cultura, lazer e turismo.

A combinação está perfeita com a vasta programação cultural com música, pintura ao vivo, teatro, harmonizações de vinhos e cervejas e ações ambientais. Enjoy!
Segue o link dos restaurantes que participarão:

Xapuri (www.restaurantexapuri.com.br);
Verde Essencial Bistrô (www.bistroverdeessencial.com.br);
Quintal (www.quintalpampulha.com.br);
Parrillero (www.parrillero.com.br);
Paladino (www.restaurantepaladino.com.br);
Des Amis Bistrô (www.desamisbistro.blogspot.com);
Café Paddock(www.cafepaddock.com);
Burgueria Original (www.burgueria.blogspot.com);
Anella Ristorante (www.anella.com.br);

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Caos na França

Gente,

Cada dia que passa a situação parece piorar na França. E o presidente Nicolas Sarkozy, segue confiante e impassível enquanto milhares de manifestantes e sindicatos paralisam (E DESTROEM) o país depois da aprovação da polêmica reforma no sistema previdenciário. Os protestos aumentaram, desde o dia 2, quando o Congresso francês ratificou o aumento da idade mínima para se aposentar de 60 para 62 anos.

Todos nos sabemos que mudanças são essenciais para o desenvolvimento de um país, e é comum que haja preocupação e oposição em relação ás mudanças. Mas cai para nós, estou achando meio exagerada esse posicionamento da população Francesa. Sei que essa questão implica outros aspectos e tal... agora todo esse alvoroço por conta de dois anos a mais de trabalho. Faça-me o favor né?!

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Quem é vivo sempre aparece!

Galera,

Estou morrendo de saudades de escrever para o blog, mas está tudo tão corrido com as coisas da faculdade de direito que fica inviável escrever sempre por aqui. Saibam que me sinto lisonjeada em saber que vocês sentem falta dos meus posts.
Mudando de assunto da água para o vinho, as últimas semanas foram marcadas por vários escândalos políticos. Primeiro foram as quebras de sigilos de Imposto de Renda de pessoas ligadas ao candidato do PSDB a presidência, José Serra. Agora estoura a crise na Casa Civil, culminando com a queda da ministra Erenice Guerra, indicada pela candidata Dilma Rousseff. Mesmo após a repercussão negativa dos fatos, a petista segue na liderança nas pesquisas eleitorais. Caro leitor, você acredita que estes escândalos podem comprometer a campanha de Dilma Rousseff? Aproveita a saudades e vote na nova enquete do Blog da Michelle Junia , localizada na barra lateral a esquerda do seu monitor.

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Intolerância



Durante esse final de semana, li na internet três notícias que relatavam atos de intolerância, racismo e xenofobia. Elas ocorreram em três lugares diferentes, mas contém a mesma quantidade de ignorância. São matérias que revelam que ainda estamos longe de viver em harmonia com nossos semelhantes, que mostram como o ser humano é perverso.

O primeiro li na edição de sábado da Folha de S. Paulo. A correspondente do jornal nos Estados Unidos, Andrea Murta, entrevistou o líder do Movimento Nacional Socialista, o neonazista Charles Wilson. Fã da Ku Klux Klan (KKK), o americano defende que os Estados Unidos devem ser puros, brancos e sem imigrantes. “A nação americana deveria ter cidadãos apenas de puro sangue branco. O resto deve ser devolvido a seus países”. Simples assim, despachando o restante (negros, índios, latinos, judeus, asiáticos) como se fosse uma encomenda.

O segundo fato aconteceu na capital da Bahia, Salvador . Um empresário paulista foi preso acusado de racismo. Uma vendedora de acarajé o acusou de tela ofendido de “negrinha” e ainda lhe empurrado com violência. Após fazer exame de corpo de delito ela deu parte na polícia e o empresário foi preso. No site do Folha.com, onde a matéria foi divulgada, comentários com teor racial eram postados. Muitos a favor do orgulho à raça branca e outros do orgulho à raça negra. Um lamentável exemplo de intolerância. Afinal, somos nós cachorros para ter raça? A resposta é não, somos todos iguais: seres humanos.

Por fim, porém não menos importante uma manifestação virtual e odiosa. Uma comunidade no Orkut chamada “Odeio nordestinos” foi denunciada, assim como seus membros e comentários recheados de preconceitos. O caso repercutiu e foi amplamente divulgado no Nordeste (veja aqui uma matéria do JC Online). A comunidade foi deletada e seus membros, compostos na maioria por paulistas e sulistas, sumiram do site. Um exemplo claro de intolerância e covardia por parte dos usuários que agora cobrem suas caras. Curioso é que nas férias de verão e no carnaval muitos paulistas e sulistas correm justamente para onde? Para o Nordeste . O mais ridículo é ver alguns “brasileiros” se dizerem 100% arianos (brancos). É praticamente impossível esta constatação, afinal, o Brasil é famoso por sua grande e bela miscigenação.

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Novas Cédulas do Real

Olá pessoas, as aulas voltaram e eu mais que nuca estou numa correria danada. Por isso o sumisso. Vocês ouviram sobre as novas cédulas do Real? Pois é, começaram a ser produzidas na sexta-feira passada e as primeiras a circular serão as notas de R$ 20 e R$ 50 a partir de novembro. As demais cédulas, R$ 10 e R$ 20 deverão ser produzidas em 2011 e as de R$ 2 e R$ 5, em 2012. Legal não ?

Apresentadas pelo Banco Central em fevereiro, as notas mantêm as mesmas cores e os animais das cédulas antigas, mas mudam de tamanho, para facilitar a identificação por deficientes físicos.
De acordo com o BC, as cédulas antigas serão recolhidas conforme apresentarem desgastes e assim, serão recolhidas aos poucos.

Curiosidade
Além da produção das cédulas, a Casa da Moeda tem em sua linha de produção cartões telefônicos, passaportes inteligentes e selos portais e fiscais. O investimento no maquinário, que começou em 2009, gira em torno de R$ 350 milhões. A Casa da Moeda poderá disputar concorrência para fabricar as novas carteiras de identidade com chip eletrônico, além de produzir cartões de crédito e débito a partir de 2011.

Lucro
As previsões de lucro giram em torno de R$ 390 milhões em dezembro deste ano e o aumento de 53% no faturamento, de R$1,5 bilhão em 2009, para R$ 2,3 bilhões em 2010.
O que nos resta é aguardar as novas notas, e as novas previsões de produção da Casa da Moeda.
Fonte: Jornal O Globo e Reuters

sexta-feira, 30 de julho de 2010

A Impressa e o caso Bruno


O caso Bruno deu uma esfriada, mas não posso deixar de comentar tamanha a influencia da mídia desde quando o caso veio à tona. A história começou a ser ventilada na imprensa durante a Copa do Mundo, em junho, e teve seu ápice após a prisão do atleta no mês seguinte.

Sabendo do que o Goleiro esta sendo acusado e não vou perder tempo aqui explicando detalhes sobre caso, que assim como o episódio envolvendo a menina Isabela Nardoni e a jovem Eloá Pimentel, tornou-se assunto nacional e foco total da imprensa e principalmente, dos programas policiais e das tardes da TV brasileira. Fico de cara com a postura dos Jornalistas que deveria Ives de julgar, condenar a ponto de absolver os envolvidos e influenciar a grande massa, deveria informar e jamais induzir opiniões do publico.

A história do goleiro Bruno é um belo exemplo desta falta de ética da nossa imprensa. O jogador foi do céu ao inferno em poucos dias. De ídolo e capitão do Flamengo para um assassino sem coração. Bruno foi pré-julgado antes das investigações serem concluídas (e elas ainda não acabaram). Não estou defendendo ninguém. Não cabe a mim, a questão é que este tipo de jornalismo popular não me agrada. Ele é muito apelativo. Sabemos que ele é voltado exclusivamente para a classe social mais baixa da sociedade, que conseqüentemente é menos escolarizada. São pessoas que não têm o hábito de se informar com freqüência. Preferem ler ou assistir telejornais apenas sobre casos de seu cotidiano, onde predomina a violência e as tragédias familiares.

Galera precisamos mudar, começar a induzir esse cidadão a pensar diferente, a trabalhar seu intelecto. Posso estar sendo radical ou sonhadora, mas deve haver um incentivo para mudar este hábito da população mais pobre. È Claro que não podemos esquecer também que a maior parcela da culpa é dos governos que deixam a educação de lado. Affe

terça-feira, 27 de julho de 2010

Pequim sem água.


De acordo Wang Jian, especialista da ONG Green SOS, o problema da superpopulação se soma a outros como, gestão dos serviços públicos e da sociedade, o aumento do preço da moradia e mudanças no sistema educacional.
Contudo, as autoridades de Pequim anunciaram nesta sexta-feira, que a capital chinesa enfrenta problemas de abastecimento de água, e isto remete à marca crescente de 19,72 milhões de habitantes, número este, esperado para daqui uma década.
Estudos prévios mostram que, Pequim deveria ter quase 20 milhões de habitantes dentro de dez anos, e o Conselho de Estado (Executivo Chinês) tinha estimado seu projeto de desenvolvimento da capital o limite de 18 milhões para 2020.
Estudos ainda ressaltaram que, a principal razão para o aumento tão rápido da população pequinesa entre 2006 e 2009 foi o aumento da população flutuante. E para o ministro da Segurança Pública, Meng Jianzhu, a crescente população flutuante criou muitos problemas na gestão da cidade.
Mesmo que a fala do ministro da Segurança Pública, soa como falta de planejamento sob a cidade, as declarações coincidiram com o anúncio das autoridades da capital chinesa, que estudam um projeto de ajuda a controlar a população flutuante.
A ideia do projeto causou forte polêmica entre vários setores sociais, como imprensa e acadêmicos, que qualificaram a medida como uma “prisão”, além de discriminar trabalhadores imigrantes que trabalham nas cidades e não têm “hukou” – Uma permissão de residência na capital.
A primeira solução anunciada pelo primeiro-ministro chinês, Wen Jiabao, foi o relaxamento as restrições do “hukou”, estabelecido há 52 anos para evitar a migração rural às cidades.
Será que apenas esta medida solucionará os problemas de abastecimento? O acompanhamento deste problema serve como alerta ao mundo. Até quando precisaremos ter problemas para reavaliar planejamentos?

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Os piores dos piores líderes do mundo


Montagem com os ditadores Mugabe, Shwe e Al-Bashir

Em sua ultima edição, a famosa revista americana Foreign Policy publicou uma lista intitulada “Os piores dos piores líderes do mundo”. A publicação listou 23 nomes do que há de pior na política mundial. São ditadores, presidentes e tiranos que usam seu cargo para desrespeitar os direitos humanos em benefício próprio.

A lista é encabeçada pelo “Líder Supremo” da Coreia do Norte, Kim Jong Il. Ele está no cargo de autoridade máxima do país há 16 anos e herdou o posto do pai. Parece um monarca, mas é um tirano paranóico que só pensa em armamentos nucleares. Em segundo lugar outro ditador: Robert Mugabe, único presidente da história do Zimbábue, há 30 anos. Considerado um herói pelos africanos por lutar pela libertação do continente, Mugabe se perdeu ao longo da história e hoje é um inimigo da democracia. Em terceiro está Than Shwe, que comanda a junta militar de Mianmar. Este é um dos países mais fechados do mundo e que não respeita os direitos humanos.

Nomes como Omar Al-Bashir (que financia genocídios no Sudão), Mahmoud Ahmadinejad (o controverso presidente do Irã), Hu Jintao (presidente do autoritário regime chinês), Muammar Gaddafi (o “colorido” presidente da Líbia), Teodoro Mbasogo (ditador da Guiné Equatorial que foi visitado recentemente por Lula), Hugo Chávez (autoritário presidente da Venezuela) e Raul Castro (irmão de outro famoso tirano, Fidel Castro), fazem parte do rol dos Bad Guys (Caras maus) da FP. Na minha opinião, faltou um membro lusófono: José Eduardo dos Santos, presidente angolano no cargo desde 1980 e que este ano mudou a Constituição para se perpetuar no poder, após escândalos de corrupção.

Alguns na prática não são ditadores, pois a Constituição de seus países os denominam como Chefes de Estado e muitos disputam eleições diretas. Mas no fundo são todos iguais: ditadores e inimigos dos direitos humanos. Autoritários, egocêntricos, paranóicos e párias, jamais pensam em implantar a democracia em seus países. Não querem perder seus negócios milionários e correr o risco de serem presos devido aos atos cometidos. Com seus ideais insanos, se afastam das principais potências e das Nações Unidas , além de arrastar o país para a ruína e crises financeiras. É o mote para o início de guerras civis e epidemias de saúde. Resumindo, é o ponto de partida para o caos.
É por esta razão que critico e fico mega receosa com a postura do presidente Lula e sua política de ser amigo de todo o mundo. Até qua ponto a diplomacia não nos coloca em encrenca?!

Crédito: Foreign Policy
Por Michele Junia

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Jornais da Itália protestam contra a lei da mordaça

Li que Berlusconi (para quem não sabe, atual presidente do Conselho de Ministros da Italia - 1° Ministro) quer aprovar uma lei que restringe a liberdade de informação. O projeto, já votado no Senado, veda que dados de investigação sejam divulgados pelos meios de comunicação enquanto não houver decisão condenatória com trânsito em julgado. Os beneficiários dessa lei são principalmente o Primeiro-Ministro e membros de sua equipe, envolvidos em escândalos.
A lei prevê, entre outras, penas de até 30 dias de prisão ou sanções de até 10 mil Euros para os jornalistas que publicarem escutas durante as investigações ou as atas que corram em segredo de justiça. Para os responsáveis pelos veículos, as multas são fixadas entre 300 mil e 450 mil Euros.
No dia 9/7/2010, os jornais, as rádios, as televisões, as agências de noticiais e as infovias informativas, excetuadas as pertencentes ao premier, entraram em greve por 24 horas. Uma lei semelhante, de autoria de Paulo Maluf, tenta ressuscitar a mordaça também aqui no Brasil. Estamos de olhoooo.
As preocupações dos italianos e de toda a Europa valem por aqui.

terça-feira, 13 de julho de 2010

J. R. R. TOLKIEN, O ESCRITOR



Escrevi esse texto quando ainda estava lendo The Hobbit e sinceramente acho que vale a pena conhecer um pouco mais da historia de um dos maiores escritores de todos os tempos. John Ronald Reuel Tolkien, ou simplesmente J.J.R. Tolkien, nasceu em Bloemfontein, capital jurídica, no dia 3 de janeiro de 1892 na África do Sul. Filho de ingleses, mudou-se com a família aos três anos para a Inglaterra . Aficionado por linguística começou ainda adolescente e a criar reinos e mundos fictícios para seus futuros livros. Cursou faculdade de letras e posteriormente se tornaria professor universitário em Oxford.
A brilhante carreira literária teve de ser interrompida devido a Primeira Guerra Mundial. Convocado pelo exército britânico, Tolkien serve como oficial, mas adoece do as febres nas trincheiras. Após se recuperar nasce seu filho mais velho John, em 1917. Após uma década de trabalhos acadêmicos, o escritor começa a trabalhar no livro ”O Hobbit” em 1930, mas só o termina em 1937. A história narra a saga do pequeno hobbit Bilbo que herda o Um Anel.
Após o sucesso da obra, ele começa a escrever aquele que seria seu maior sucesso: “O Senhor dos Anéis”. Tolkien demorou seis anos para produzir a história dos hobbits Frodo e Sam na jornada para destruir o Um Anel e criar os vários alfabetos dos personagens. Pesquisas indicam que este período foi duro para o escritor devido ao fato de seus filhos Michael e Christopher estarem lutando na Segunda Guerra Mundial . Ao mesmo tempo em que escrevia o livro, ele se preocupava com o estado dos dois. A obra é tão grande que foi dividida em três volumes, assim com a versão cinematográfica.
Após o sucesso dos livros sobre hobbits e reinos fictícios, Tolkien escreveu outras histórias. Entre elas “O Silmarillion”, considerado por muitos sua obra mais famosa. Ele morreu em 1973 após uma infecção no peito. No dia de se centenário, a Universidade de Oxford plantou duas árvores no campus da instituição relembrando sua história “Duas Árvores de “Valinor”. Incrível não?

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Qual a maior decepção da copa até agora ?

Não é que chegamos a fase de mata-mata da Copa do Mundo de 2010?! É a fase onde quem perder volta pra casa, onde a emoção toma conta da torcida. Muito muito bom. Para relembrar a primeira da fase do Mundial, gostaria de saber de vocês, caros leitores, quem foi a maior decepção desta Copa até o momento. Para votar na nova enquete do Blog da Michelle Junia, basta ir a barra lateral a esquerda do seu monitor e deixar seu voto lá!

RESULTADO - A pesquisa anterior pedia aos leitores para apontar o eu time favorito para vencer a Copa do Mundo. Não deu outra. A maioria absoluta 72% acredita que a seleção brasileira traz o hexa da África da Sul.Tomara, né ?! Para 10%, a Argentina será tricampeã mundial e outros 6% apotam para o tetra da Alemanha. A Espanha veio logo a seguir com 4%. Na busca pelo primeiro título a Holanda somou 2% e a Inglaterra apenas 1%. Eliminadas na primeira fase, Itália e França tiveram respectivamente 2% e 0%. Outros 3% dos leitores apontam que o campeão não será nenhum dos citados acima. Será que sai uma zebra na África? hehehe.

quinta-feira, 24 de junho de 2010

O Hobbit



Finalizei minha leitura do Hobbit. Um prelúdio da trilogia Senhor dos Anéis, que conta a história de Bilbo Bolseiro, um hobbit relex e amante dos confortos e do "bem bão" que a vida oferece. No entanto, seu mundo é virado de pernas para o ar com a aparição do feiticeiro Gandalf (Grande) e um grupo de anões aventureiros, que o arrastam numa jornada épica em busca de um tesouro mítico.

Numa aventura cheia de perigos, Bilbo combate trolls, elfos, aranhas gigantes, orcs e várias outras criaturas fantásticas, além de enfrentar o dragão Smaug, o mais terrível flagelo da Terra-Média! Esse foi meu primeiro da trilogia. Gostei e recomendo.

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Loja Godê


Minha cunhada e uma amiga estão abrindo uma loja em BH. Para todos aqueles que adoram moda... Não dá para perder !

Valores


Galera eu sei que esse tema Copa do Mundo esta enchendo o saco, mas é inevitável. Juro que nos próximo posts tento algo novo. Agora falando serio, esse assunto nos remete a alguns questionamentos que não dá para passarem batidos. Será que o Brasil está pronto para ser sediado pela Copa em 2014? E as Olimpíadas de 2016? Bem, para alguns ou para a grande maioria, nosso país está entre os mais belos. Concordo. E por isso merecemos estar lá, garantidos como país de destaque pelas belezas e riquezas naturais. Recentemente eu Li uma matéria que muito me fez pensar: “Dez motivos que fazem com que a África do Sul mereça sediar o mundial”. Que seja pessoal, mas, o texto não me convenceu. Soou como uma medalha de honra por ser um país desprezado que agora receberá um galardão!

1º PRIMEIRA COPA EM CONTINENTE AFRICANO. Assim como a Oceania, a África nunca sediou um mundial da FIFA em 70 anos. Preocupação de visibilidade ou porque a vida das pessoas será transformada?

2º PELO FIM DO APARTHED. 1948: dividiu a África do Sul em uma nação para brancos (com todos os direitos civis) e negros (sem nenhum benefício jurídico). Abolido no país em 1990, realmente um marco na história! Mas será que depois dos jogos da FIFA nunca mais haverá preconceitos?

3º A VITÓRIA DE NELSON MANDELA. Nenhum outro nome sul-africano é mais conhecido que Nelson Mandela. Fiel opositor do regime do apartheid, atende como advogado, ex-líder rebelde e ex-presidente da África do Sul. Sua determinação e importância histórica consolidou a África do Sul como sede do mundial de 2010 em um trabalho de bastidores amplamente divulgado. Realmente uma vitória para um país tão esquecido. Porque não ser ouvida por um motivo mais forte?

4º O BASTA À DISCRIMINAÇÃO SOCIAL. Em 2010 a África do Sul terá a chance de apresentar ao mundo definitivamente o não à discriminação racial. Essa realmente é a primeira que pode convence! Mas ainda é difícil de acreditar! São apenas 30 dias para que o mundo elimine a discriminação.

5º O NÃO À POBREZA E AO ESTADO DE MISÉRIA. A Copa do Mundo de 2010 será também uma oportunidade para a África do Sul, como representante das demais nações do continente africano, mostrar ao mundo a verdadeira realidade daquela que é considerada pelas Nações Unidas a região de maior estado de pobreza do planeta. Realmente é o triste retrato desse continente, mas depois da legenda: “Centro de Joanesburgo/Local não é aconselhável aos turistas durante a Copa” – não tem como nem ajudar, o acesso é restrito!

º O SIM A RIZA E A PRESERVAÇÃO DA CULTURA LOCAL. Poucas nações no mundo possuem uma variação cultural tão grande quanto à África do Sul. E são onze idiomas oficiais. Isso para não falar das vuvuzelas, que nada mais são do que as cornetas de plástico que diante da autorização da FIFA voltarão a estar presentes entre os torcedores. Grande incentivo.

7º POR UMA COPA MAIS ALEGRE. A África do Sul deverá chamar a atenção do mundo com suas danças típicas, roupas coloridas e um folclore jamais visto na história das copas. Por esse aspecto, a África do Sul terá tudo para fazer dentro da maior naturalidade possível a Copa do Mundo mais alegre da história. Cabe aos africanos manter o espírito de receptividade e alegria tão evidenciados através da celebração da vida de uma nação onde as pessoas acordam sorrindo indiferentes às dificuldades do dia a dia. Talvez o sorriso seja uma forma de expressão: precisamos de ajuda, temos apenas nosso sorriso como vida!

8º PELA PRESERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE. Poucos países no mundo possuem um estado de conservação ambiental tão rico quanto à África do Sul. Habitat natural de muitas espécies, será que depois da Copa a natureza do continente será preservada?

9º O DIAMANTE A SER LAPIDADO. Dados fornecidos pelo Consulado Africano no Brasil apontam ainda que a nação sul-africana ganhará com a Copa do Mundo de 2010 cerca de 130 mil empregos, o que contribuirá com aproximadamente 3 bilhões de dólares para o seu PIB. Mas será que esse valor será repassado a países pobres?

10º FUTEBOL AFRICANO EM ASCENSÃO. Por mais que as seleções africanas ainda não estejam entre as favoritas à conquista da Copa do Mundo, é indiscutível o crescimento e aperfeiçoamento do futebol na África. Missão essa que foi delegada a Carlos Alberto Parreiras. E uma das suas primeiras aulas, acredite será no Brasil. Confesso que temos que ter um lado esportivo e por meio dele transformar o pesadelo em sonhos é bom. Podemos transformar o futebol em arte para retirar muitos da miséria. Mas por quanto tempo conseguiremos? Tomara que por muito tempo.

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Quem vai ganhar a copa do mundo ?


Ontem com o jogo do Brasil, podemos dizer que agora sim começou o evento esportivo mais esperado. A Copa do Mundo, que ocorre de quatro em quatro anos, já está rolando e agora quero saber sua opinião. Arrisque seu palpite aqui: quem será o grande campeão da Copa? Responda a nova enquete do Blog da Michelle Junia, na página lateral a direita do seu monitor.

RESULTADO - Na pesquisa anterior perguntamos sobre a obrigatoriedade o voto no nosso país. E podemos dizer que a maioria dos leitores não quer mais um país com voto obrigatório. A maioria, 68%, quer o voto facultativo. Os demais 32% defendem a obrigatoriedade do voto. Será que esta na hora de rever a Constituição?

terça-feira, 15 de junho de 2010

AS CIDADE DA COPA: CIDADE DO CABO




Além de ser a segunda maior cidade da África do Sul, a Cidade do Cabo é também a capital legislativa da nação mais rica do continente. Lá estão sediados o Parlamento Nacional e diversos escritórios do governo. Famosa pela sua beleza natural e belas praias, (Sem noção) a cidade é um dos maiores pontos turísticos do país, movimentando muito dinheiro. O município é um grande pólo comercial e industrial com destaque para o refinamento de petróleo e construção naval. A população na Cidade do Cabo é de 3,5 milhões de habitantes.

O mais famoso ponto turístico da Cidade do Cabo é a Robben Island. Esta ilha é nada mais, nada menos, do que o local onde Nelson Mandela passou 27 anos preso. (A GNT esta transmitindo o filme que relembra a história do legendário Nelson Mandela e sua esposa, Winnie. Eles se casaram depois de um breve namoro, mas logo ele foi forçado a viver clandestinamente, deixando-a sozinha). Vale a Pena ver. Para se chegar a ilha é preciso pegar um barco. A prisão se localizava na ilha, devido a difícil fuga e ao mar infestado de tubarões. Hoje a Robben Island é um museu e um dos locais mais visitados em toda África do Sul. Outras atrações imperdíveis na cidade são o passeio de bondinho pelas montanhas do Table Mountain e os vinhedos de Constantia, onde são produzidos os melhores vinhos do país.

O estádio da cidade, o Green Point foi inaugurado este ano. Os times locais Ajax Cape Town e Santos jogaram no dia 23 de janeiro, no primeiro jogo da arena. Ele tem capacidade para 66 mil pessoas e é revestido com proteção acústica. Está localizado dentro do Parque Green Point e será palco de oito partidas durante a Copa. A primeira delas reuniu dois campeões mundiais: Uruguai e França, que ficaram no 0 a 0. O estádio abrigará três duelos nos mata-mata, inclusive uma semifinal.

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Faixa de Gaza.



A barbaridade do exército de Israel contra a embarcação Mavi Marmara, lotada de pacifistas na semana passada na minha opinião foi um tiro no pé do Estado judeu. Um ato de total despreparo diplomático, a melhor forma da política do “atire primeiro e pergunte depois”. Coisa de louco. Está certo que os soldados foram recebidos com pedaços de pau e pedra, mas (não sei se vocês viram o vídeo que a brasileira Iara Lee fez) nada justifica desastrosa ação que resultou em nove mortes e dezenas de feridos.

O Mavi Marmara rumava com outros barcos para o litoral da Faixa de Gaza. A região é governada pelo partido terrorista Hamas, que além de negar a existência de Israel, ainda prega a destruição do Estado judeu. Após a vitória do Hamas nas eleições palestinas de 2006, Gaza vive cercada por todos os lados e seu litoral é vigiado 24 horas por dia pela marinha israelense. O bloqueio do governo de Israel confina cerca de 1,5 milhão de pessoas em uma área de 360 km². Nada entra lá sem a autorização dos israelenses.

Israel sempre foi uma nação que investiu pesado em armamento e segurança. O pequeno país de 22 mil km², vive próximo a inimigos hostis como Hamas, o terrorista Hizbollah no Líbano e o Irã. No passado já entrou em guerra contra o Egito, Síria e Jordânia, e hoje está em atrito com o governo turco. O país asiático é um dos nove no mundo que possui armamento nuclear, embora nunca tenha assumido ou negado. A embarcação pretendia levar mantimentos a Gaza. Alguns dos membros do Mavi Marmara tem ligações com o alto comando do Hamas, e na prática são considerados inimigos por Jerusalém. Após o incidente outro navio, o Rachel Corrie, tentou chegar até Gaza, mas foi interceptado (desta vez com segurança) e levado a base naval de Ashdod.

Sou totalmente contra a violência e o ódio no Oriente Médio. Também não concordo com o bloqueio imposto por Israel em Gaza, pois nada justifica privar a liberdade de trocentos milhões de palestinos inocentes. Porém, desaprovo as ações terroristas de grupos extremistas que insistem em negar a existência de uma nação legítima como é o Estado israelense. Cabe a ONU tomar frente nessa situação e fazer valer seu peso político. E os Estados Unidos devem deixar a parcialidade de lado e agirem como principal potencial mundial. È ou não é?

Fonte; Folha de São Paulo, Reuters, New York Times.

terça-feira, 8 de junho de 2010

VOCÊ É A FAVOR DO VOTO OBRIGATÓRIO NO BRASIL?

Uma recente pesquisa do Datafolha sobre a obrigatoriedade do voto, foi divulgada semana passada e surpreendeu pelo resultado. Segundo a pesquisa, o país está totalmente dividido: 48% são a favor do voto obrigatório e 48% são contra. Agora queremos saber a sua opinião, caro leitor. Você é a favor do voto obrigatório no Brasil? Deixe sua resposta na nova enquete do Blog , localizada na barra lateral a esquerda do seu monitor.

RESULTADO - Na última pesquisa, perguntamos aos leitores quem é o melhor nome para ser o vice-presidente na chapa de José Serra. Aécio Neves (PSDB-MG) recebeu 32% dos votos. Francisco Dornelles (PP-RJ) teve 8%, seguido por Kátia Abreu (DEM-TO) e Tasso Jereissati (PSDB-PE), com 5% e 2%, respectivamente. Os demais 53% optaram por recusar os quatro nomes citados acima. É por causa dessa rejeição e dúvida que até agora o tucano não sabe quem será seu vice.

Looks que valem a pena no CFDA Fashion Awards



A primeira segunda-feira de junho é sempre de expectativa e festa para designers de Nova York e também para a imprensa de moda. Portanto, acaba de acontecer o Oscar da moda nos Estados Unidos: o CFDA Awards. looks que nos interessa? Amo Dakota Faning. Ela sempre soube eleger modelitos de acorto com o RG, néam? Sarah me mata com esse McQueen. Quero ser madrinha de casamento com ele AGORA! E Gwyneth Paltrow... aff! Toda trabalhada no brilho! Linda!

segunda-feira, 31 de maio de 2010

Maria Bonita Extra no Fahion Rio Verão 2011




Em casa em pleno sabado a noite, sem o princiipe ainda! Nada melhor que Fashion Rio 2010. Romantismo, fantasia e feminilidade assim é o verão da Maria Bonita Extra que teve por tema o Mágico de Oz e a psicodelia de Pink Floyd. Delicia de ver.
Sobreposições, cores vibrantes, tomara-que-caia, minipaetês e cintura marcada são algumas das tendências apresentadas pela marca. Os minis também são destaque dando ênfase às pernas.O melhor da festa é que praticamente todas as peças realmente dá para o consumidor final usar, não é bárbaro?! Amei.

QUEM DEVE SER O VICE DE SERRA?

O candidato a vice-presidente da chapa do tucano José Serra (PSDB-SP) segue sendo uma incógnita. Na semana passada, Aécio Neves (PSDB-MG)afirmou que disputará o Senado e não quer ser vice de ninguém, embora membros do partido insistam no ex-governador mineiro. Outros nomes foram sugeridos, mas até agora nenhum emplacou. Listamos alguns aqui e agora queremos saber o que você caro leitor o pensa sobre isso? Quem deve ser o vice na chapa de José Serra? Vote na nova enquete, localizada na barra lateral a esquerda do seu monitor.

RESULTADO - A pesquisa anterior queria saber dos leitores se eles torceriam na Copa do Mundo pela seleção convocada pelo técnico Dunga. A maioria absoluta, 86%, afirmou que vai vestir a camisa amarelinha e torcer pelo Brasil. Os demais 14%, não gostam da atual seleção brasileira e vão torcer para Argentina, Espanha, Inglaterra, Itália, Holanda, etc.

segunda-feira, 24 de maio de 2010

"Não faria sentido torturar uma menina que cuidaria de mim na velhice, certo?"

Presa há duas semanas depois de oito dias foragida, a procuradora aposentada Vera Lúcia de Sant’Anna Gomes ocupa cela individual no Complexo Penitenciário de Bangu, Zona Oeste do Rio. Ela passa os dias num espaço reservado a mais oito presidiárias, algumas acusadas de tráfico de drogas. Com as mãos trêmulas e elevando a voz em alguns momentos, ela deu a seguinte entrevista ao repórter Ronaldo Soares:

A senhora é acusada de torturar durante 29 dias a menina de 2 anos que pretendia adotar. Isso é verdade?
De tudo aquilo de que estão me acusando, admito uma coisa: chamei a menina de cachorra mesmo. No dia em que isso aconteceu, tínhamos uma consulta médica. Ela estava se recusando a comer e ainda por cima sujava a roupa toda de leite. Aquilo foi me irritando profundamente e perdi a paciência. Mas discordo da maioria das pessoas que agora me condenam: para mim, chamar alguém de cachorro não é ofensa.

Se ocorresse com a senhora, como reagiria?
Dependeria da forma como a pessoa falasse. Pessoalmente, adoro cachorros. Diria até que são animais mais amigos e leais do que muito ser humano por aí. Tenho um cão poodle e dois gatos siameses, que crio como gente. Só que para bicho ninguém deixa herança.

O que a senhora quer dizer com isso?
Ganho muito bem como procuradora aposentada. Com tanta criança necessitada no mundo, pensei: ‘Quando morrer, por que deixar minha pensão para o estado?’. Foi por isso que decidi adotar essa menininha.

Se a senhora diz que não a machucou, qual é a explicação para o estado em que ela se encontrava quando foi retirada de seu apartamento?
O ferimento na testa eu sei o que foi: dei à menina umas uvas sem caroço, que ela espalhou pela casa toda e acabou se esborrachando. Meu apartamento tem chão de mármore e muito tapete persa - é fácil de escorregar. Mas o tombo provocou só um machucadinho de nada. Já estava sarando.

E os hematomas espalhados por todo o corpo dela?
A única coisa que eu sei é que fui à manicure, à tarde, e a deixei bem, em casa. Quando voltei, foi aquela surpresa: o conselheiro tutelar já a havia levado embora. Soube depois que ela estava toda arrebentada. Também gostaria de saber quem fez isso com aquela criança.

A senhora tem algum palpite?
Talvez tenha sido uma conspiração para tirá-la da minha casa. Veja esse conselheiro que foi ao meu apartamento para levar a menina embora... O rapaz é protestante e eu não. Prefiro jogar tarô. No conselho tutelar, teve gente espalhando que eu frequento seitas satânicas, uma mentira. Será que querem me prejudicar? Se for, é bom que saibam: a cadeia dói. Meu lugar não é aqui.

Como é sua rotina na prisão?
Durmo à base de Prozac, já emagreci 8 quilos e, quando ando de um canto para o outro, vou sempre com um guarda por perto. Sabe como é: as presas veem TV e, como qualquer ser humano, também pensam, julgam, raciocinam. E crime que envolve criança tem uma repercussão muito grande. É como estupro. Se saísse hoje para caminhar em Ipanema, sei que não chegaria em casa viva.

A senhora ainda pensa em adotar uma criança?
Acho que não mais. Meu sonho era ter adotado três, para formar a família que nunca tive. Adoro crianças. Não faria sentido nenhum torturar uma menina que cuidaria de mim na velhice, certo? Só se eu fosse louca.

Fonte: Revista Veja

VOCÊ VAI TORCER PELO TIME DO DUNGA NA COPA?

A seleção brasileira está se preparando em Curitiba para disputar mais uma Copa do Mundo. A convocação do técnico Dunga causou polêmica, ao deixar jogadores criativos e ofensivos de fora em preferência à atletas mais defensivos. Muita gente não gostou e está dizendo que vai torcer contra a equipe brasileira na Copa ou que não vai nem acompanhar os jogos . E você caro leitor? Vai torcer pelo time do Dunga? Vote na nova enquete da Michelle Junia , localizada a esquerdado seu monitor.

RESULTADO - Na pesquisa anterior perguntamos aos leitores se eles acham que o programa nuclear do Irã é pacífico. A maioria deles, 87%, não acredita que os iranianos usarão urânio para causas civis. Os demais 13% creem que o programa é pacífico e que Teerã não almeja a bomba atômica.

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Estamos preparados ?


A comunidade internacional vem acompanhando com espanto o crescimento da mancha de poluição que está tomando conta do Golfo do México há cerca de três semanas (veja mais aqui) . O desastre ambiental – consequencia de um enorme vazamento de óleo provocado por uma explosão numa plataforma petrolífera estadunidense – além da sua incomensurável devastação traz muitos outros questionamentos. E um deles está diretamente ligado nós, brasileiros: será mesmo que as tecnologias petrolíferas estão aptas a descer tão altas profundidades em busca do famoso “ouro negro”? Não estaríamos nos precipitando e buscando uma riqueza que, ainda, não estamos preparados para conter em caso de uma situação crítica?

Para o geógrafo e consultor técnico na área de exploração de petróleo, gás e minério do fundo oceânico, Jules Soto, é notável que o Brasil não está preparado para conter um desastre nas plataformas de petróleo que surgirão para explorar a zona pré-sal. E o argumento do pesquisador é bem aceitável. Para ele as Bacias de Campos e de Santos têm suas unidades de produção muito próximas da costa e essa proximidade, em caso de acidente, não permitiria que se tivesse um tempo hábil para a organização de medidas eficazes de contenção para uma possível mancha de poluição, como a do golfo do México.

Soto continua a polêmica afirmando que a Petrobras precisa reformular sua “política” de exploração: “ela [a Petrobras] utiliza os mesmos parâmetros de segurança das demais petroleiras, que são visivelmente deficientes e muito longe do ideal. É muito parecida com a tecnologia da espacial ou mesmo de “fórmula 1”, explorando os limites incessantemente e com isso carregando muitas indústrias na esteira. Quando aprendemos a explorar com segurança a uma determinada faixa, automaticamente passamos para outra. Na década de 1970 a Petrobrás explorava no limite o que hoje é “feijão com arroz”. O pré-sal é um salto macro, onde é necessário enterrar os parâmetros de segurança que até então foram estabelecidos” (Fonte: Oeco).

Em outras palavras, é preciso que o governo brasileiro se municie ao máximo contra possíveis desastres naturais que ameaçarão suas novas investidas na área da exploração marítima de petróleo. É claro que não devemos esquecer-nos da importância econômica e política da exploração do pré-sal, porém as perdas ambientais seriam incomensuráveis em caso de um acidente grave. No caso do exemplo do acidente no Golfo do México, é bem possível que estejamos assistindo ao pior desastre natural da história dos Estados Unidos, e isso é muito preocupante.

A Petrobras, porém, se diz muito preparada para a exploração do Pré-sal. Tanto que, em seu site, a empresa afirma “estar direcionando grande parte de seus esforços para a pesquisa e o desenvolvimento tecnológico que garantirão, nos próximos anos, a produção dessa nova fronteira exploratória. [...] Além de desenvolver tecnologia própria, a empresa trabalha em sintonia com uma rede de universidades que contribuem para a formação de um sólido portfólio tecnológico nacional”, diz o site em seu texto.

A grande questão agora é saber quem está com razão. A Petrobras está mesmo preparada para o desafio do pré-sal? Ou o país estaria arriscando nosso meio ambiente em nome de ganhos mais “rápidos”?

segunda-feira, 17 de maio de 2010

VOCÊ ACREDITA QUE O PROGRAMA NUCLEAR DO IRÃ É PACÍFICO?



Neste fim de semana, o presidente Lula visita o Irã pela primeira vez. O país asiático está desenvolvendo urânio enriquecido e afirma que é para uso pacífico e científico. As potências ocidentais, Israel e a ONU não concordam e descofiam que os iranianos estão desenvolvendo armas atômicas. Lula vai até Teerã tentar conversar sobre o tema com o colega Mahmoud Ahmadinejad. E que você pensa de tudo isso caro leitor? Acredita que o programa nuclear iraniano é pacífico? Participe da enquete do Blog da Michelle Junia , localizada a esquerda do seu monitor.

RESULTADO - Na última enquete, questionamos os leitores sobre a ajuda financeira que o Brasil vai enviar para a Grécia , que enfrenta um delicado momento de crise econômica. Para 78% dos leitores, o Brasil não deve enviar dinheiro aos gregos, pois deve resolver suas deficiências primeiro. Os demais 22% afirmam ser solidários com o país helênico e afirmam que o Brasil tem muito dinheiro e pode ajudar

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Cartilha Lulista?

Finalmente sexta-feira! Estou exausta e lá vem mais um final de semana sem o João. Aff! Mudando totalmente de assunto, na ultima quinta-feira assisti a entrevista que o Presidente Lula concedeu para o SBT. Quanta auto-estima hiem?! Fala serio! Também pudera, pois realmente ele é muito bom. A desenvoltura do Lula me fez pensar que dos grandes problemas que rondam a candidatura do candidato tucano, José Serra, à presidência, é justamente o que n falta com o atual presidente, a sua imagem pouco carismática junto ás classes B e C do eleitorado nacional. Diferente da concorrente, que conta com o apoio incondicional da superpopularidade lulista neste “setor” da população, o ex-governador de São Paulo, se quiser ter um resultado mais tranqüilo no pleito de outubro terá que aprender a rebolar e a quebrar sua imagem de frieza junto ao público das chamadas classes “menos favorecidas”.

Com certeza esse será uma dos maiores desafios à nova candidatura de Serra: sem o auxílio da popularidade de ninguém, ele terá a missão de tentar provar que, apesar das aparências, ele é humano e “do povo”.
E as estratégias já começaram a aparecer: numa matéria publicada hoje pelo Estadão, foi noticiado que o candidato tucano até cantou (quem diria?!) um bolero de Dolores Durán ao vivo em um programa de rádio da cidade de Recife.
“Descontraído, o pré-candidato à presidência da República do PSDB, José Serra, cantou trecho de um bolero famoso na voz de Dolores Durán no programa “Super Manhã” de Geraldo Freire na Rádio Jornal, do Recife. […] ‘Eu desconfio que o nosso caso está na hora de acabar’, cantou ele sem desafinar. Serra não aceitou entrar em nenhuma polêmica durante a entrevista, especialmente que envolvesse o nome do presidente Lula. ‘O Lula está acima do bem e do mal’, afirmou ao ser indagado sobre quem é mais de esquerda, se ele ou o presidente” (Fonte: Estadão).

Se lula está ou não “acima do bem ou do mal” no jogo político brasileiro, é assunto para vasta análise. Porém, uma coisa é certa: seu método populista de fazer campanha parece estar fazendo escola onde menos se imaginava… hehehehehhe. Bom esclarecer que admiro o lula, mas definitivamente entre o Serra e a Dilma. Fico com o Serra.

terça-feira, 11 de maio de 2010

Cultura


Embora esteja um pouquinho longe, estou muito ansiosa com a estréia do filme "Tropa de Elite". Acabei de ler uma entrevista com Wagner Moura publicada pela Folha. O ator fala de sua "carreira" como cantor, respondeu sobre o novo "Tropa de Elite", em que volta como capitão Nascimento, agora grisalho, política (é eleitor de Marina Silva) e televisão. Segue:

Folha - Acha que vai ser criticado como foi o Roberto Justus quando resolveu cantar?

Moura - Pois é, deixa o cara cantar [risos]. Nem sabia que ele cantava. Eu tenho uma banda, canto, gosto, por que não posso cantar? Mas não me sinto trabalhando, até porque não ganho dinheiro [risos].

Folha - Mas vocês foram ao "Altas Horas", à MTV. Estão levando a banda de forma mais profissional, não?

Moura - Estamos fazendo show e cobrando ingresso. Precisamos ter uma postura profissional. Eu quero que o disco [primeiro CD da banda, "The Very Best of the Greatest Hits"] venda. Ia a-do-rar ouvir na rádio. Gosto muito de pessoas que cantam sem medo de parecer cafona, com o coração. Tenho um certo prazer em dizer que gosto disso em oposição aos inteligentes entre aspas.

Folha - Quem são os inteligentes entre aspas?

Moura - A crítica. De um modo geral, é muito elitista, careta, pessoal. Já li críticas muito ofensivas, agressivas, que deixam de analisar a obra esteticamente e partem para uma abordagem pessoal violenta, desnecessária.

Folha - Na Folha também?

Moura - Na Folha também. E na "Veja" há críticas muito violentas. A do teatro é a que eu mais acompanho. O teatro tem um lugar muito precário nas editorias de cultura. A impressão que tenho é a de que qualquer garoto chega à Redação dizendo "gosto disso, não gosto daquilo". Os críticos têm muita certeza, sabem o que é bom, o que é ruim, leram Adorno, Marcuse, Benjamin [filósofos da Escola de Frankfurt]. Merda, leram mal. Aí o editor fala para escrever sobre uma peça. Começa aí a história de um crítico. O cara se acha f., mas é um garoto. Tem que ser mais aberto.

Folha - Já que mudamos de assunto, vamos falar de "Tropa"? O José Padilha [diretor] acha que "Tropa 2" [estreia em setembro] vai fechar a polêmica aberta com "Tropa de Elite", que agora vai ficar mais clara a sua visão de que o problema da violência, da polícia, está ligada ao Estado.

Moura - Para mim, no primeiro filme isso já estava bastante evidente. A forma com que os policiais agiam, tanto os corruptos quanto os violentos, como o capitão Nascimento, torturadores, é a morte de um Estado doente. Mas isso foi lido de diversas formas, para a minha surpresa. O que vão achar do novo não sei dizer. O que me interessou na hora de retomar esse personagem foi a proposta social, de discutir um assunto que considero muito urgente.

Folha - Pelo que estou vendo, você não está grisalho como o capitão Nascimento.

Moura - Não. Fiz o maior esforço para ficar daquele jeito. Tentei pintar, mas ficou amarelo, tipo luzes, reflexo. Aí todo dia o maquiador tinha que pintar fio a fio. É uma coisa extraordinária: o homem pisou na lua mas não achou um jeito de deixar o cabelo grisalho. Agora eu pintei de preto, tenho só uns fiozinhos brancos.

Folha - O Fernando Meirelles disse que Lula é o melhor ator do Brasil, melhor até que você. Concorda?

Moura - Gosto do Lula. Ele tem um carisma que cairia muito bem em qualquer artista, é comparável ao de Roberto Carlos. Ele se coloca, faz uma apresentação, o que faz parte da política, mas não diria que é o estereótipo do político mentiroso. Evidentemente que o governo Lula aparelha o Estado, é viciado de uma forma que não achei que seria, do toma-lá-dá-cá, da aliança cretina por conta da chamada governabilidade. Por outro lado, penso que o desafio maior de qualquer governante brasileiro ainda é diminuir as diferenças entre quem tem muito dinheiro e quem tem pouco. E acho que nenhum governo fez isso melhor que o dele.

Folha - Vai votar na Dilma?

Moura - Não, tendo a votar na Marina [Silva, pré-candidata do PV à Presidência]. É um voto no futuro, em um político que já está pensando diferente do Lula, está indo lá na frente. Não sei se já estamos preparados para um político como a Marina, mas vou dar esse voto. Queria que o Brasil desse uma mostra de progressismo para o mundo elegendo uma pessoa como ela. Marina representa coisas como a reforma agrária, a ecologia, que ao mesmo tempo soam anacrônicas, mas são muito modernas. A única coisa que me preocupa é a relação dela com a religião [evangélica]. É maravilhoso ela ter uma religião, mas fico preocupado em saber se ela é contra pesquisa com células-tronco, se é a favor do ensino do criacionismo em escolas públicas. Isso é um perigo. Mas tendo a votar nela e acho que a Dilma não vai se eleger. E vou dizer mais: não voto no Serra, não sou eleitor do PSDB, muito pelo contrário, mas acho saudável que haja uma alternância no poder.

Folha - O que você vai fazer agora?

Moura - Vou fazer um filme do Cláudio Torres, "O Homem do Futuro", depois o do Luciano Moura, "A Cadeira do Pai".

Folha - E a novela do Gilberto Braga?

Moura - Não. Ele me convidou para fazer, mas, por conta do "Hamlet", coloquei muitos projetos de cinema para frente. E agora estou recebendo muitos roteiros diferentes do que estava acostumado a ver, fugindo dessa tradição do Cinema Novo de falar do Brasil, de querer entender tudo, que país é esse. É bacana, mas agora estou recebendo roteiros de filmes intimistas, de histórias de famílias de classe média. Mas também tenho um projeto de atuar em um filme do Vicente Amorim sobre reforma agrária.

Interessante né ?

Fonte: FOlha de São Paulo

segunda-feira, 10 de maio de 2010

VOCÊ ACHA QUE O BRASIL DEVE AJUDAR A GRÉCIA?

Acompanhamos durante essa semana a tensão mundial na economia devido a crise na Grécia, que desvalorizou o euro e afetou bolsas de valores do mundo inteiro. O Brasil anunciou que fornecerá cerca de US$ 286 milhões para o FMI. O montante de dinheiro será destinado para ajudar os gregos a sair do buraco. E você, o que acha disso? Acha que o Brasil deve enviar tanto dinheiro ao FMI para colaborar com os gregos? Deixe sua resposta na nova enquete do Blog da MIchelle Junia, localizada na barra lateral a esquerda do seu monitor.

RESULTADO - A pesquisa anterior que foi um sucesso, questionou os leitores sobre o presidente Lula. A revista americana Time elegeu o o brasileiro como a pessoa mais influente do mundo. O resultado esclareceu que definitivamente o publico que acessa o blog não concorda com a reportagem divulgada na Time. Para 77%, Lula não é a personalidade com mais influência no planeta. Os demais 22% acreditam que o presidente do Brasil é sim o mais importante líder do mundo.

Valeu Galera!

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Porque não descobrir o Brasil?



Ontem enquanto conversava com uma amiga na faculdade alguns questionamentos me vieram ... Quantas vezes você já não ouviu alguém dizer que tem o desejo de ir para a Europa ou para os Estados Unidos? Seja a passeio, seja para adquirir cultura, a trabalho, ou até mesmo para morar, grande parte das pessoas (ao menos as que eu conheço) desejam algum dia pisar em terras estrangeiras.

Eu sou a pessoa que mais ama viajar no mundo. Definitivamente é um sonho. È compreensivel que vivemos em um país onde as coisas não caminham bem. Mas por hora deixando de lado os problemas que enfrentamos quando o assunto é educação, segurança, política, saúde pública e etc. O que nos intriga tanto a querer sair do nosso país?
Este pode parecer um texto nacionalista, mas não é. Repetindo é simplesmente um questionamento que imprimo para o nobre leitor, já que sinceramente não entendo o preconceito que existe nos proprios brasileiros. Cidades ricas em beleza como Minas Gerais – Sul e tantas outras que não são citadas por pura ignorância – no puro sentido da palavra.

Cidades ricas em cultura como Salvador – BA, Recife – PB, Curitiba – PR e muitas mais que somente nesse “país continente”, conseguem aliar um pouco de cada país do mundo, em um só lugar.
A festa folclórica de Parintins – AM, a riqueza natural de Fernando de Noronha – PB, a imensa biodiversidade da Floresta Amazônica, a beleza divina de Foz do Iguaçu – PR, os lençóis Maranhenses em Barreirinhas – MA, e mais milhares de riquezas que temos neste país!

Talvez, independente de qualquer problema ou aversão, seja hora de o povo brasileiro realmente descobrir o Brasil que tem. Com problemas? Sim. Mas que também, precisa da sua ajuda para se tornar um país melhor. Pense nisso. Apóie.

terça-feira, 4 de maio de 2010

Do you speak Google?


A tradução quase instantânea de textos para 52 línguas é apenas
o primeiro passo rumo a um comunicador universal em que o idioma
deixa de ser barreira e passa a ser o portal do grande encontro das culturas.

As diferenças de idioma são um divisor da humanidade. Há dois caminhos para contornar essa barreira. Num deles, busca-se um retorno à linguagem única que, segundo a Bíblia, existia antes da Torre de Babel. Ao longo da história, algumas línguas de fato procuraram desempenhar esse papel. Por exemplo, o latim, na Antiguidade, ou o inglês, nos dias de hoje. Línguas artificiais como o esperanto, criado no século XIX pelo polonês L.L. Zamenhof, também se candidataram a realizar essa tarefa. O outro caminho é o da tradução universal. Em princípio, seria coisa de ficção científica. O mais insólito modelo de tradutor universal aparece no livro O Guia do Mochileiro das Galáxias, dos anos 70: um peixinho é introduzido no ouvido do protagonista e verte frases alienígenas para o inglês. Na série Jornada nas Estrelas, a tecnologia entra em cena e um dispositivo permite a conversa não somente entre "terráqueos", mas entre habitantes de diferentes planetas. Pois bem: como acontece com frequência, a ficção científica não estava lidando com o impossível, mas apenas antecipando o futuro. A tecnologia já está avançada na criação de um tradutor universal. O sistema mais eficiente opera nos computadores do Google, o gigante da internet. Hoje, ele permite a tradução instantânea de textos escritos em 52 idiomas. Para o leitor, é como colocar-se diante de uma biblioteca infinita e descobrir que todas as publicações estão em português. Estima-se que em dez anos já sejam 250 as línguas contempladas. E, nesse ponto, a inclusão de aplicativos de tradução simultânea em computadores e telefones celulares permitirá que bilhões de pessoas se entendam – sem jamais ter de abandonar a própria língua.

Por trás do Google Tradutor está o conhecimento acumulado em inteligência artificial (I.A.), ramo da computação que se dedica ao desenvolvimento de modelos e programas que produzem nas máquinas um comportamento "inteligente". Nascida nos anos 40, a área produziu experimentos famosos como o robô Eliza, software que simulava diálogos reais na década de 60, e o supercomputador Deep Blue, da IBM, que em 1997 derrotou o campeão russo Garry Kasparov em uma partida de xadrez. O "cérebro" da máquina podia analisar cerca de 200.milhões de jogadas por segundo na busca do xeque-mate. O primeiro estágio da tradução universal – a de textos – já atingiu na internet um nível que linguistas e especialistas em inteligência artificial classificam como avançado. Isso quer dizer que, embora os erros de tradução da ferramenta sejam perceptíveis, os textos que ela apresenta permitem a compreensão do assunto de que eles tratam.

O funcionamento do tradutor do Google remete à Pedra de Roseta, o bloco de granito de 1,20 metro de altura que foi encontrado pelo exército de Napoleão, no século XVIII, e serviu de chave para a decifração dos hieróglifos egípcios. A Pedra traz inscrições de um mesmo texto na antiga língua do Egito e em grego. No século XIX, coube aos estudiosos Thomas Young e Jean-François Champollion relacionar os termos dos dois idiomas para desvendar a língua dos faraós. De forma análoga, os computadores do Google trabalham com pares de textos em línguas diferentes e calculam a probabilidade de palavras de uma delas corresponderem a termos da outra (confira o funcionamento). Com base nesses cálculos, o sistema é capaz de, em menos de um segundo, montar textos em 52 línguas, cada vez que um usuário o requisita.

O tradutor do Google está à frente dos rivais. Em pesquisas patrocinadas pelo governo americano, ele supera com frequência ferramentas de outras empresas e universidades. "Ele também é reconhecido como o melhor entre os sistemas comerciais", diz David Yarowsky, professor de ciência da computação da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos. Isso significa sobrepujar os rivais Bing Translator, da Microsoft, e Babel Fish, do Yahoo!. "Hoje, a potência da ferramenta está relacionada ao tamanho de seu banco de dados. E também ao uso de supercomputadores, com sua imensa capacidade de processar informações", explica Helena Caseli, pesquisadora do Laboratório de Linguística Computacional da Universidade Federal de São Carlos.

Se são esses os fatores determinantes, é certo que o tradutor vai evoluir. O aumento na capacidade de processar informações dos supercomputadores é garantido pela Lei de Moore – que postula que a capacidade dos chips dobra a cada 24 meses. O banco de dados do Google também cresce continuamente. Ele começou a ser formado em 2006, com textos oficiais da ONU vertidos para seis idiomas. Em seguida, a empresa recorreu a documentos bilíngues de arquivos públicos. Finalmente, mergulhou na internet. Hoje, seus próprios usuários ajudam a ampliar o banco de dados sugerindo traduções alternativas àquelas que lhes são apresentadas. "Há, no entanto, certo limite para essa abordagem", diz Miles Osborne, pesquisador da Universidade de Edimburgo, na Escócia, que trabalhou no projeto do Google. É por isso que vem sendo estudada a inclusão de regras gramaticais no programa: além dos algoritmos, ele usaria essas regras para compor textos mais fluentes. Hoje, as traduções invariavelmente contêm tropeços de gramática. Assim mesmo, quem se detém em uma página estrangeira, esteja ela escrita em mandarim, africânder, vietnamita, japonês ou hindi, já sabe ao menos sobre o que se fala ali. "Há cinco anos, isso era impossível. Daqui a cinco anos, teremos mais fluência", afirma David Yarowsky.

À medida que os tradutores avançarem, seus impactos deverão se espalhar pelas mais variadas áreas. No campo acadêmico, por exemplo, o avanço será dramático. "Em algumas áreas, como ciência e tecnologia, as versões automáticas poderão ser até melhores do que as feitas por humanos, pois, para nós, é muito difícil guardar detalhes de temas específicos", diz Yarowsky. Considere-se que atualmente, nos campos de ciências, tecnologia, finanças e administração, 90% do conteúdo de alta qualidade está em inglês, e a importância dos tradutores automáticos para milhões de estudantes e profissionais ao redor do mundo se torna clara. Yarowsky também aponta frutos na economia: "Será mais fácil vender produtos e serviços ao exterior, com a eliminação de custos com tradução de manuais técnicos, material promocional e e-mails". Atualmente, turistas já se beneficiam da tecnologia na hora de escolher destinos de viagem sem levar em conta a língua local, uma vez que ferramentas como a do Google estão disponíveis em celulares. Há outros dispositivos portáteis que fazem a conversão voz-texto ou texto-voz. Soldados americanos enviados ao Afeganistão já testaram tal aparelho, que dispara mensagens sonoras escolhidas pelos militares na língua local. "É a chance de pessoas de todas as partes do mundo saberem o que as demais pensam. Assim, suas diferenças podem ser minimizadas", diz Yarowsky. "Eu não sei o que um garoto de Bagdá pensa sobre os Estados Unidos, mas gostaria de saber." O Google já colocou seu arsenal também à disposição de outras ferramentas. Além de verter páginas da web, seu know-how na área traduz documentos apresentados por usuários, chats de texto via Google Talk e até converte legendas de vídeos no YouTube. Para conectar línguas e mentes via celular, precisará agregar ao sistema o reconhecimento de voz, desenvolvido por várias empresas ao redor do mundo. "A tradução voz a voz é incrível, e nós adoraríamos realizá-la", reconhece Nate Tyler, relações-públicas do Google internacional. É mais do que isso. E, embora a empresa tente despistar, o mercado espera dela a ferramenta para a próxima década.
A linguagem cotidiana já começa a ser desbravada pelos tradutores automáticos. A frase "Cê vai lá né?", por exemplo, recebe uma tradução bastante adequada no Google Tradutor: "You going there right?". A própria empresa reconhece, contudo, que sua máquina tem um limite claro: a literatura, sobretudo aquela que subverte a gramática e abusa da ironia, fazendo com que uma mesma palavra possa ter vários significados. "Se você tentar traduzir poesia pelo sistema, vai receber um novo tipo de poesia", brincou, durante uma apresentação, o pai da ferramenta do Google, o alemão Franz Josef Och. Mas isso não é demérito nenhum. Há uma infinidade de estudos literários que falam da "impossibilidade da tradução" – ou que, ao menos, lembram o velho adágio "Traduttore, traditore" ("Tradutor, traidor"). "Não existe efetivamente tradução perfeita entre línguas. Cada uma delas tem estrutura e recursos idiomáticos próprios, intraduzíveis. Você pode convertê-los em termos semânticos, mas não analíticos", diz Jacó Guinzburg, tradutor de francês, inglês, alemão, iídiche e hebraico. "Mas é claro que existem alguns trabalhos excelentes. É o caso da versão de As Minas do Rei Salomão feita por Eça de Queiroz: em inglês, é uma obra de segunda, mas se tornou primorosa em português."

Com o avanço dos sistemas de tradução de línguas por computador, a exigência de aprender um idioma estrangeiro poderá ser abalada. Estudo da empresa de RH Catho Online mostra que o salário médio do brasileiro que domina o inglês e o espanhol é em média 125% superior ao de trabalhadores que não falam esses idiomas. Mas, se a tecnologia evoluir como se espera, a questão terá de ser revista: valerá a pena investir mais de 50 000 reais, custo de um curso completo de inglês de primeiro nível, se em tese for possível contar com as máquinas? "Quando têm a oportunidade de escolha, as pessoas preferem se expressar no idioma materno", diz o linguista britânico David Crystal, estudioso das relações entre língua e internet. "A eficiência dos sistemas de tradução poderá provocar certo desinteresse pelo aprendizado de idiomas estrangeiros." Mas seria um erro abandonar de vez o hábito de aprender línguas. O italiano Luciano Floridi, filósofo da informação, lembra que conhecer um idioma é uma experiência insubstituível, um mergulho em outra cultura. "Há palavras intraduzíveis: se você quer falar sobre saudade, tem de usar o português", exemplifica. Isso, contudo, não demove o filósofo da posição de entusiasta da tradução digital, que para ele ocorrerá em um regime de perdas e ganhos. "Imagine que eu nunca tenha ido ao Brasil e certo dia vá a um restaurante típico em Londres: a receita é brasileira, mas a linguiça é inglesa. Ou seja, não é o mesmo que ir ao Brasil, mas é melhor do que nada."



Fontes: Blog Contúdo Livre e Revista Veja.

segunda-feira, 3 de maio de 2010

O Lula é realmente a pessoa mais influente do mundo?

Semana passada a revista Time elegeu o presidente Lula como a pessoa mais influente do mundo em sua tradicional edição anual. O brasileiro desbancou figuras da política americana, como o presidente Barack Obama e a ex-governadora do Alasca, Sarah Palin. A cada dia, Lula fica mais popular mundialmente. Agora queremos saber de vocês leitores. Lula é realmente a pessoa mais influente do mundo? Vote na nova enquete do Blog da Michelle Junia, localizada na barra lateral a esquerda do seu monitor.

E a Grecia hiem gente?



Estou espantada com as pessoas que agora, de repente, parecem ter acordado diante da crise que a Grecia enfrenta. Vimos a Grécia cair. A perdulária Grécia deve e não tem como pagar aos bancos portugueses (7,5 bilhões de euros), que devem a banca espanhola (65 bilhões de euros), que devem às instituições financeiras alemãs e francesas (347 bilhões de euros) que tem a receber em torno de 90 bilhões de euros diretamente da Grécia que deve 48 bilhões de euros à Suíça… Bagunça total de dividas

Com o objetivo de tentar da um jeito na bola de neve que vem formando o Fundo Monetário Internacional (FMI) e a União Européia (UE)(soh agora) fecharam um acordo de empréstimo aos gregos da ordem de 110 bilhões de euros durante os próximos três anos. De acordo com a folha de São Paulo trata-se de nada menos que a maior ajuda financeira da história, condicionada às medidas de austeridade severas do governo grego. O plano ambicioso inclui também o aumento na Imposto de Valor Agregado (IVA) que trará aporte

de 1,8 bilhão de euros, reforma no sistema de aposentadorias, suspensão do 13º e congelamente dos salários dos servidores públicos. O desempenho grego será aferido a cada três meses.

A grande questão agora é saber se a generosidade tutelada de 16 países europeus (80 bilhões de euros) e do FMI (30 bilhões de euros) irá acabar com o pesadelo europeu? Isso porque mesmo se a Grécia fizer tudo que manda o Figurino, há um pouco de irresponsabilidade grega dentro de vários países europeus credores da Grécia, ainda que suas economias sejam bem mais sólidas que na franja sul da Europa, berço da civilização ocidental. A Itália, por exemplo, tem um déficit público acumulado equivalente a 115% do seu PIB. A França prepara uma batalha impopular para reformar novamente seu sistema previdenciário que opera no vermelho durante décadas. Nas eleição legislativa britânica que definirá o próximo primeiro-ministro da Inglaterra na quinta-feira, 6 de maio, os gastos do governo que chegou acumular a dívida de 42% do PIB no ano passado, está no centro da campanha.O jeito é esperar p ver. Resumindo de forma bem resuumida (detesto ser redundante) sobrou para o bolso dos gregos.

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Amor á distância.


Se amor combina com distância ou se distância combina com amor?
O que importa mais, a distância ou o amor?
Será possível escolher a kilometragem, na qual seu amor vai se encontrar?

Bem, esqueçamos a distância e vamos ao amor.

O amor transcende, vai além de paredes, de longitude ou de latitude.
Desconhece fronteiras, se estabelece sem pedir licenças e não possui fita métrica.
É capaz de romper barreiras, de alçar-se em vôos além do imaginário e de andar em terra firme por caminhos a fio.

Quem ama faz o impossível virar possível em um passe de mágica e transforma um deserto árido em terreno fértil. Quem ama não conhece limites, pois sabe que apesar do longo percurso o rio sempre encontra o mar, e por isso, por ter esse conhecimento, aproveita a longa viagem pra planejar como vai deliciar cada segundo, pois cada segundo representa uma hora.

Amar, o amor, ser amando é a plenitude da vida, a magnitude da existência, sendo assim, não há porque comparar, medir ou restringir o amor à distância.

Michelle

Fonte: Equipe Blog Temático

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Deu a Louca no Vaticano


Eu não posso negar que amo os post de Tony Bellotto. Segue um mara:
A coisa já não vinha bem. Evidências de que o papa, quando ainda não era papa, escamoteou algumas provas de pedofilia e abusos contra crianças por parte de religiosos e padres espocaram aqui e ali na imprensa.

Compreende-se que a igreja católica, como qualquer outra grande corporação, proteja seus filiados, mas a questão fica esquisita quando se presume que padres devem não somente cultivar, simbolizar e pregar, mas principalmente assumir os preceitos cristãos como norma de vida.

É como diz o velho ditado romano, “à mulher de César não basta que seja honesta, deve parecer honesta”. A questão aqui não é simplesmente dizer que os padres devem parecer cristãos, eles não podem, pela lei dos homens, molestar crianças. É algo que não aceitamos, independente de crenças ou descrenças religiosas.

O Vaticano tem reagido a essas graves acusações – e evidências – de uma maneira ainda mais atabalhoada e desastrosa do que a Dilma Roussef em seu início de pré-campanha. Primeiro me aparece um padre exorcista tentando justificar os desvios (desvios? não há um eufemismo melhor?) dos padres como obra do demônio, que estaria definitivamente instalado no Vaticano, sabe-se lá esfalfado em qual das inúmeras e suntuosas poltronas, ofegante por tanto trabalho.

Agora me aparece um outro a dizer que crimes de pedofilia não tem relação com o celibato, mas com o homossexualismo. Deus do céu! O que dizer? Perdoai-os, pai, eles não sabem o que dizem? Eles sabem muito bem o que dizem. E o que fazem. A afirmação, além de espetacularmente preconceituosa e ardilosa, é falsa. Pedofilia não tem nada a ver com homossexualismo ou celibato. É um crime inaceitável em qualquer circunstância, que dirá quando cometido por um padre. Eu tento chamar o papa de Bento XVI, mas sempre que me refiro a ele, digo simplesmente Ratzinger. Estranho, não?
Por Tony Bellotto

Muito bom, não ?!

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Uma vida com propósitos

Pois tudo, absolutamente tudo, nos céus e na terra, visível e invisível [...] todas as coisas começaram nEle e nEle encontraram seu propósito.
(Colossenses 1:16)
A menos que se admita a existência de Deus, a questão que se refere ao propósito para a vida não tem sentido.
(Bertrand Russell – ateu)

A questão não é você.
O propósito de sua vida é muito maior que a sua realização pessoal, sua paz de espírito ou mesmo sua felicidade. É muito maior que sua família, sua carreira ou mesmo seus mais ambiciosos sonhos e aspirações. Se você quiser saber por que foi colocado neste planeta deverá começar por Deus. Você nasceu de acordo com os propósitos dEle e para cumprir os propósitos dEle.
A procura pelo propósito (sentido) da vida tem intrigado as pessoas por milhares de anos. Isso porque normalmente começamos pelo lado errado – nós mesmos. Nós fazemos perguntas voltadas para nossa pessoa, como: “O que eu quero ser? O que eu deveria fazer com a minha vida? Quais são meus objetivos, minhas ambições e meus sonhos para o futuro?” Mas concentrarmo-nos em nós mesmo jamais desvendará o propósito de nossa vida. A Bíblia diz: A vida de todas as criaturas está na mão de Deus; é Ele quem mantém todas as pessoas com vida.
Ao contrário do que dizem muitos livros famosos, filmes e seminários, você não irá descobrir o significado de sua vida olhando pra dentro de si mesmo. É provável que você tenha tentado isso. Você não criou a si mesmo, logo não há jeito de dizer a si mesmo para que foi criado! Se eu lhe entregar uma invenção desconhecida, você não terá como saber sua serventia nem a própria invenção terá a capacidade de lhe dizer. Somente o criador ou o manual do fabricante poderá mostrar sua utilidade.
Certa vez, me perdi nas montanhas. Quando parei para perguntar como chegar ao acampamento, disseram-me: “Não há como você chegar saindo diretamente daqui. Você deve ir para o outro lado da montanha”! Da mesma forma, você não pode chegar ao propósito da sua vida concentrando-se em si mesmo. Você deve começar com Deus, seu Criador. Você só existe porque Deus deseja que você exista. Você foi feito POR DEUS E PARA DEUS – e, enquanto não compreender isso, a vida jamais terá sentido.
É somente em Deus que descobrimos nossa origem, nossa identidade, o que significamos nosso propósito, nossa importância e nosso destino. Todos os outros caminhos levam a um beco sem saída.
Muitas pessoas tentam usar Deus para sua auto-realização, mas isso é contrário à natureza e está fadado ao fracasso. Você foi feito por Deus e não o contrário; viver é deixar Deus usá-lo para seus propósitos, e não você usar a Deus para o que deseja. A Bíblia diz: A obsessão consigo mesmo nesses assuntos leva a uma situação sem solução; a atenção para com Deus nos leva a uma vida livre e abundante.
Já li muitos livros que sugerem formas de descobrir o propósito da minha vida. Todos poderiam ser classificados como livros de “auto-ajuda”, pois abordam o assunto a partir de um ponto de vista egocêntrico. Livros de auto-ajuda, até mesmo os cristãos, normalmente propõem as mesmas etapas previsíveis para achar o propósito para a vida: “Dê importância aos seus sonhos. Defina claramente os seus valores. Estabeleça algumas metas. Defina em que você é bom. Aspire grandes objetivos. Vá à luta! Seja disciplinado. Acredite em si mesmo. Envolva outras pessoas. Não desista jamais.”
É lógico que essas recomendações freqüentemente levam a grandes êxitos. Pode-se em geral ser bem-sucedido ao buscar uma meta, se houver concentração para o fim proposto. Mas ser bem-sucedido e cumprir o propósito para a sua vida são coisas absolutamente distintas! Você poderia alcançar seus objetivos pessoais, tornando-se um sucesso pelos padrões do mundo, e ainda assim falhar em alcançar os propósitos para os quais Deus o criou. Você precisa de mais do que conselhos de livros de auto-ajuda. A Bíblia diz: Auto-ajuda não é em absoluto uma ajuda. Sacrificar-se é a forma, a MINHA forma, de você achar a si mesmo, seu verdadeiro eu.
Este não é um texto de auto-ajuda. Não ensina a achar a carreira correta, a realizar seus sonhos ou a planejar sua vida. Não ensina a encaixar mais atividades em uma agenda lotada. Na verdade, ele ensinará a fazer menos na vida – ao se concentrar no que mais importa. Ele o ajudará a se tornar o que Deus pretendia fazer de você ao criá-lo.
Andrei Bitov, um romancista russo, cresceu sob um regime comunista ateu. Mas Deus chamou sua atenção em um dia lúgubre. Ele recorda: “Aos 27 anos de idade, enquanto viajava no metrô de Leningrado (agora São Petersburgo), fui dominado por um desespero tão intenso que a vida pareceu parar de uma vez, anulando completamente o futuro e não deixando nenhum significado. De repente uma frase apareceu por si só: SEM DEUS A VIDA NÃO FAZ SENTIDO. Repetindo-a, assombrado, eu repassei a frase como uma escada rolante saí do metro e caminhei para a luz de Deus.

terça-feira, 13 de abril de 2010

Cinema.


Estão todos esperando pela estreia do filme “I love you, Philip Morris”. Será porque ?? O filme é baseado na história real de Steven Russell, um ex-oficial de polícia, interpretado por Jim Carrey (todo poderoso), o qual, após se envolver em fraudes e fugir quatro vezes da prisão, acaba finalmente capturado e, na cadeia, vive um caso de amor com outro preso, o Phillip Morris (Ewan McGregor). A história parece ser interessante e chamativa à primeira vista, porém é outra coisa que está desviando a atenção do público brasileiro: no longa, o personagem de Jim Carrey tem um “primeiro namorado”, o Jimmy. Este Jimmy é vivido pelo galã de novelas Rodrigo Santoro…

“As cenas dos personagens gays interpretados por Jim Carrey e Rodrigo Santoro em “I Love You, Phillip Morris” foram tão intensas que poderiam ofuscar a história de amor entre Carrey e seu grande amor Phillip Morris . A solução encontrada pelos diretores Glenn Ficarra e John Requa: cortar alguns beijos, que poderão ser vistos somente no DVD do longa-metragem”. (Fonte: Folha online)

O filme, que deve estreiar no Brasil com o nome de “O golpista do ano”, já foi exibido em algumas mostras e festivais pelo mundo, mas só terá sua estreia oficial nos Estados Unidos no próximo dia 30 de julho. O lançamento do filme estava maracado para o dia 30 de abril, mas foi adiada em 90 dias. (Fonte: Folha online)

Não é a primeira vez que o ator Rodrigo Santoro irá interpretar um personagem gay nas telonas. Em outra passagem marcante da sua carreiraele já havia feito um papel homossexual, que gerou grande repercussão: estamos falando do filme Carandiru, onde o ator encarnou muito bem o travesti “Lady Di”.

Em entrevista ao videocast da Folha Online o ator diz que está muito bem resolvido com a sua sexualidade e com o novo trabalho. “É uma história entre três homens, mas é uma história de amor”, diz o ator que, mesmo sofrendo diversas críticas por sua opção de enveredar por uma carreira hollywoodiana, afirma não ligar muito para essa “separação”: “Eu não olho para Hollywood como uma carreira a parte. Eu olho como uma carreira só, que é a minha carreira”, arremata Santoro.

O certo é que com o seu novo personagem gay, Santoro vem conseguindo chamar ainda mais a atenção do público nacional que acompanha sua carreira. Marketing ou não, parece que o novo trabalho vai ter um bom resultado no país. Resta saber apenas se o “Jimmy” de “I love Phillip Morris” irá repetir o sucesso estrondoso da “Lady Di” de Carandiru…

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Chuvas no Rio de Janeiro

Choveu muito no Rio de Janeiro esta semana e até o momento 223 mortes já foram confirmadas em sete cidades do estado. O presidente Lula, o governador Sergio Cabral e o prefeito Eduardo Paes já se manifestaram e disseram que o Brasil e o Rio vão lidar com todos os problemas. Mas quería saber de vocês o que acham do Brasil pedir ajuda internacional? O Brasil que se dá o luxo de ajudar e emprestar dinheiro, precisa de ajuda externa para resolver este problema? Vote na nova enquete, localizada a direita do seu monitor.

RESULTADO - A pesquisa anterior questionava os leitores sobre o caso do menino Sean Goldman, que teve sua guarda disputada por anos entre o pai e sua avó materna. Após ficar afastado do filho por muito tempo, o pai David impediu a avó do menino de manter contato com o neto. A maioria absoluta, 60% disse que pai não deve pagar com a mesma moeda e deve deixar a avó ver o neto. Os demais 40% acreditam que David esta certo em impedir o contato deles, afinal a avó não o deixou ver o menino durante anos.

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Nice Looks.



People o outono inverno finalmente parece chegando ... Simplimente adoro essa estação!
Segue alguns looks que aff, fala serio!!

"ELA SORRI, NÃO PELO CORAÇÃO, MAS PELA CAMPANHA”


O presidente do PSDB senador Sérgio Guerra (PE),novamente criticou á pré-candidata do PT, Dilma Rousseff. Segundo o senador Dilma tem adotado um meio “destemperado”, “não gosta de dizer a verdade”, “ela sorri, não pelo coração, mas pela campanha”.

Guerra,afirmou que a ex-ministra da casa civil encena atitudes que não convencem e citou como exemplo a visita de Dilma nesta semana ao túmulo do ex-presidente Tancredo Neves, em Minas Gerais “São atitudes que não são convincentes. Toda vez que ela fica sorridente, a gente tem a impressão que aquela capacidade de sorrir não vem do coração vem da campanha”.

O senador criticou o currículo da petista que nunca disputou uma eleição. “Dilma Rousseff tem uma vida com notável falta de experiência e, além disso, tudo tem um procedimento agressivo, meio destemperado, que não gosta de falar a verdade e a população não gosta disso. Não se pode dirigir o Brasil desse jeito”.Estas pequenas criticas vem sendo dirigidas a Dilma, nestas ultimas semanas mostrando claramente o descontentamento do Presidente do PSDB quanto a candidatura de da ex ministra para a presidência.

Fonte: Reuters Brasil

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Chuvas no Rio de Janeiro



Está certo que é a pior chuva na região metropolitana do Rio de Janeiro desde o fatídico temporal de janeiro de 1966.

Está certo que, em alguns bairros, Copacabana entre eles, chove mais nas últimas 24 horas do que choveu em janeiro e ferereiro deste ano juntos.

Está certo que, diante de um cenário deste, haveria prejuízo e um determinado nível de desordem em qualquer metrópole do mundo, da africana mais pobre à americana ou europeia mais rica.

Está certo que o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB), saiu a campo desde cedo, colocou o secretariado na rua e tomou as atitudes corretas, entre elas a de clamar para que os cariocas fiquem em casa e só saiam se for por algo desesperadamente necessário e justificável.

Está certo tudo isso.

Mas tudo isso e a fúria da natureza, que traz certeza de estragos, não amenizam e nem justificam omissões e erros de administrações municipais e estaduais do passado e do presente. Algo difinitivamente a ser PENSADO!

“As fortes chuvas que atingem o Estado do Rio já provocaram 95 mortes desde a ultima segunda-feira, segundo informações da assessoria do Corpo de Bombeiros. Também eram registradas 93 pessoas feridas em decorrência dos temporais, por volta das 18h10min desta terça-feira. A cidade permanecia em estado máxima de alerta no horário.

Ainda de acordo com os bombeiros, há informações sobre desaparecidos, mas os números estão imprecisos. Do total de vítimas, 34 são da cidade do Rio e 41 foram registradas em Niterói, na região metropolitana. Os demais mortos são dos municípios de Petrópolis, na região serrana, São Gonçalo, região metropolitana, Nilópolis e Paracambi, na Baixada Fluminense.”

(Folha Online)

Categoria(s): Brasil, Chuvas por Michelle Junia

segunda-feira, 5 de abril de 2010

SEAN GOLDMAN DEVE SER AFASTADO DA AVÓ?

Lembram-se do caso do menino americano Sean Goldman? Aquele que foi retirado do pai biológico pela mãe e após a morte dessa, passou a viver com os avós no Rio de Janeiro. Pois bem, a Justiça americana decidiu que a avó materna de Sean, Silvana Bianchi, não poderá visitar o garoto nos EUA. A decisão judicial é um pedido do pai do garoto, David Goldman. Foi o próprio David que sentiu na pele o fato de ficar longe do menino por vários anos e agora dá o troco na mesma moeda. E o que você acha disso caro leitor? David Goldman está certo em manter o filho longe da avó materna? Vote na nova enquete do Blog da Michelle Junia, localizada no lado esquerdo do seu monitor.

RESULTADO - Na última pesquisa, havía questionado os leitores sobre o julgamento do casal Nardoni, acusados de terem matado a menina Isabella, filha de Alexandre Nardoni. Queria saber se os leitores acreditavam que a mídia e a sociedade interferiram no julgamento. Para, 45%, nada interferiu na decisão da Justiça em condenar a dupla. Outros 45% disseram que talvez, pois se o caso fosse menos divulgado a pena poderia ser menor aos dois. Os demais 10% acreditam que a participação da mídia e da sociedade foi decisiva para o caso. Valeu People.

quarta-feira, 31 de março de 2010

Estou Noiva, e agora ?



Calma Michelle! rsrsrs. Nada de entrar em desespero. O segredo é não deixar nada para a última hora. Planeje tudo com antecedência e de forma organizada e tenha boas lembranças do início dessa nova etapa de sua vida.
A Revista da Noiva traz um checklist completo para você se lembrar de cada detalhe dos preparativos para o grande dia. Confira!

12 meses antes

Agende um encontro com quem irá ministrar seu casamento (padre, rabino, pastor, ancião...) e já marque a data da cerimônia religiosa e do civil.
Informe-se sobre quais documentos serão necessários para ambas as ocasiões: igreja e cartório.
Reserve o cartório e o local onde irá receber seus convidados para a cerimônia civil, caso queira fazê-lo.
Comece a pensar na sua lista de convidados e padrinhos.
Caso tenha pouco tempo disponível, contrate um profissional de assessoria.

11 meses antes

Já tendo em mente quantos convidados pretende recepcionar e a data da cerimônia, procure serviços de buffet e comece a comparar os custos x benefícios.
Escolha o convite e seu material gráfico.
Inicie seu enxoval.
Solicite orçamentos de foto e vídeo, som e iluminação.
Comece a pesquisar preços e modelos de vestidos, sapatos, véus, grinaldas, tiaras e etc.

10 meses antes

Estabeleça o estilo da recepção.
Solicite opções de menu e escolha as bebidas.
Convide os padrinhos do religioso e do civil e as daminhas e pajens (caso possua).

9 meses antes

Defina os músicos (banda / coral e orquestra / DJ) e comece a pensar no repertório da cerimônia e da festa.
Escolha a decoração do local da cerimônia e da festa.
Procure agências de viagens, pesquise preços e decida o destino da viagem de lua-de-mel.

8 meses antes

Escolha como será o bolo (cenográfico ou artístico comestível). Então, solicite orçamentos e comece a cotá-lo.
Pesquise e, caso prefira, já encomende os bem-casados, os doces e os noivinhos.

7 meses antes

Escolha as alianças.
Comece a pesquisar salões de Dia da Noiva e clínicas de estética para tratamentos faciais e corporais, se necessário.
Pesquise lojas de presentes caso optem pela "Lista de Presentes".

6 meses antes

Defina o seu vestido de noiva e o traje do noivo - escolha se irá alugar ou comprar.
Caso prefira confeccioná-lo sob medida, já é hora de procurar um estilista.
Comece a escolher as jóias (brincos, braceletes, colares...).
Se ainda não definiram os móveis, já está na hora de começar.

5 meses antes

Procure um médico para fazer os exames pré-nupciais.
Pesquise e, se possível, já escolha as lembrancinhas do casamento.

4 meses antes

Cheque a lista de convidados para não correr o risco de deixar alguém de fora.
Se optou por casar-se na Igreja, procure a paróquia escolhida para acertar sua participação no curso de noivos.
Faça a reserva do veículo que irá conduzí-la ao casamento (carro, carruagem, helicóptero...) caso queira alugar o transporte.

3 meses antes

Faça uma prova de maquiagem e cabelo. Veja com o profissional escolhido os tons da maquiagem, o penteado preferido e assim por diante.
As aliança escolhidas, agora, já podem ser compradas.
Faça a escolha dos acessórios. Ele: sapatos, meias, gravata. Ela: luvas, sapatos ou sandálias, meias (duas, de preferência) e a lingerie.

2 meses antes

Inicie a entrega dos convites - mande pelo correio apenas para quem mora em outras cidades. Aos demais, faça questão de entregá-los pessoalmente.
Caso tenha optado pela "Lista de Presentes", já é hora de comunicar aos convidados onde deixou sua relação de presentes.
Reúna-se com sua assessora (caso possua) e faça um roteiro do dia do casamento. Definam, por exemplo, em que ordem entrarão os padrinhos, qual será a música para a sua entrada na igreja e no salão de festas, em que momento dançarão a valsa, e assim por diante.

1 mês antes

Faça as últimas provas do vestido de noiva, do penteado e maquiagem, para não ter nenhuma dúvida ou insegurança.
Confirme todos os serviços contratados (buffet, salão, foto e filmagem, músicos, bolo, lembrancinhas e etc.).
Marque as datas dos chás (chabar e/ou chá de cozinha) para cerca de quinze dias antes do casamento. Faça a lista de presentes para os chás e já convide as pessoas.
Faça a reserva da noite de núpcias.
Se possível, marque um ensaio no local da cerimônia.


Afinal, Tenho algo demais para me preocupar ??

terça-feira, 30 de março de 2010

Concursos Públicos



Incomodada com o fato de que a maioria dos meus colegas de faculdade estão desempregados. Pensei nessa possibilidade. Bom, para todos aqueles que estão em busca de uma boa oportunidade de trabalho, esta aí uma excelente opção, concursos públicos. A estabilidade e os bons salários de alguns cargos oferecidos são, na grande maioria dos casos, o maior atrativo para quem presta esse tipo de certame. Sem contar que os concursos públicos oferecerem uma série de outras vantagens trabalhistas nem sempre encontradas em outros empregos, como, por exemplo, o oferecimento de planos de saúde, participação em lucros, adicionais, etc.

O big deal é que esse ano de 2010 promete. E de acordo com especialista está sendo um ano muito bom para quem está na luta por um emprego público. Afinal, nesta semana estarão sendo abertas em todo país mais de 208 mil vagas em pelo menos 65 concursos públicos em todo o país. A notícia é do portal G1:
“Além das vagas abertas, há concursos para formação de cadastro de reserva, ou seja, os aprovados são chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso. Pelos menos quatro órgãos abrem as inscrições nesta segunda, são eles: Polícia Militar de Minas Gerais, Serviço Social do Comércio (Sesc) do Maranhão, Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos (SP) e Prefeitura de Taubaté (SP), totalizando 2.661 vagas mais formação de cadastro de reserva. [...] Entre os concursos abertos, o que oferece o maior salário é o Centro Nacional de Tecnologia Eletrônica Avançada, ligado ao Ministério da Ciência e Tecnologia: R$ 16 mil”.

Galera, para que quer ter uma boa fonte de renda com estabilidade e boas condições de trabalho, os concursos públicos, cada vez mais, se apresentam com uma ótima possibilidade. E, como vimos, neste início de ano muitas oportunidades estão surgindo.
Caberá, então, aos interessados se candidatarem e partirem para a árdua, mas muitas vezes recompensadora, jornada de estudos que leva um “concurseiro” a atingir seus objetivos…

Por isso, para quem for concorrer, boa sorte! (inclusive para mim)